Trabalhadores em frigorífico (Foto: MB Comunicação/Divulgação)

Santa Catarina ultrapassa de 4.000 processos trabalhistas relacionados à COVID-19

O Estado de Santa Catarina soma o total de 4187 casos de ações trabalhistas envolvendo o novo coronavírus, e está entre as regiões com o maior número de processos relacionados à doença. Os dados são referentes a uma pesquisa da FintedLab, ConJur e DataLawyer, que monitora em tempo real as atualizações da Justiça do Trabalho.

Um exemplo desse aumento se encontra nas ações trabalhistas relacionadas aos casos de COVID-19 que se alastraram através de mais de 30 frigoríficos localizados em municípios do estado. Em julho, o número de trabalhadores infectados pelo vírus ultrapassou os 3.000, segundo o Projeto de Adequação das Condições de Trabalho nos Frigoríficos do MPT.

Trabalhadores em frigorífico (Foto: MB Comunicação/Divulgação)

O crescimento não se deu apenas a nível catarinense, de acordo com o Tribunal Superior do Trabalho, mais de 14.000 ações trabalhistas com o assunto Covid-19 foram registradas até julho deste ano. Grande parte dessas ações se refere a solicitações de levantamento ou liberação do FGTS, aviso prévio, análise sobre férias proporcionais, verbas e multas rescisórias.

Em nota para o G1, a advogada trabalhista Bianca Canzi prevê que o número de ações cresça, mesmo após o fim da pandemia. “A longo prazo, teremos um aumento significativo na judicialização decorrente da crise causada pelo coronavírus. As relações trabalhistas estão entrando em um aspecto novo, em que os empregadores muitas vezes não estão preparados, atuando de forma negativa, e os empregados, por sua vez, estão atuando com um certo desespero”

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *